Gestão da Informação sobre Políticas Públicas de Esporte: Incidência Temática em Pesquisas Acadêmicas

Tiago Dias Provenzano, Gisele Maria Schwartz, Nara Heloisa Rodrigues, Giselle Helena Tavares

Resumo


O presente estudo, de natureza qualitativa, é centrado na gestão da informação sobre Políticas Públicas de Esporte e tem como objetivo investigar a incidência da temática referente a Políticas Públicas de Esporte em pesquisas acadêmicas. Para tanto, o estudo constou de pesquisa bibliográfica a respeito do tema, bem como de pesquisa exploratória desenvolvida no Portal de Periódicos CAPES, no qual os estudos foram analisados com base na Técnica de Análise de Conteúdo Temático, agrupados em três eixos temáticos: 1- Impacto Científico, 2- Abordagens metodológicas e 3- Temáticas abordadas. Os resultados do Eixo 1 mostram que os artigos analisados foram publicados predominantemente em 3 periódicos  com qualis A2 e B1 na área 21- Educação Física. Quanto ao Eixo 2, todos os artigos apresentaram natureza qualitativa, sendo utilizado o método descritivo de análise. Os artigos utilizaram, sobretudo, pesquisas bibliográfica, documental e de campo, sendo a entrevista o instrumento mais utilizado. No Eixo 3, as temáticas mais abordadas foram as referentes à avaliação de políticas públicas e de programas de esporte e lazer e discussões teóricas envolvendo a temática. Outros temas abordados com menor incidência foram: atuação profissional em políticas públicas e participação da sociedade na implementação de programas esportivos. Os resultados evidenciaram, com base no reduzido número de estudos acadêmicos encontrados, pouca atenção para esta relevante temática, e a necessidade de novos enfoques no sentido de se compreender como ocorre a gestão de informações sobre políticas públicas direcionadas ao esporte.

Palavras-chave


Gestão; Esportes; Políticas Públicas

Referências


Amaral, S. C. F., & Pereira, A. P. C. (2009). Reflexões sobre a produção em políticas públicas de educação física, esporte e lazer. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, 31(1), 41-56. Retrieved from http://rbceonline.org.br/revista/index.php/RBCE/article/view/631/391

Amaral, S. C. F., Ribeiro, O. C. F., & Silva, D. S. (2014). Produção científico-acadêmica em políticas públicas de esporte e lazer no brasil. Motrivivência, 26(42), 27-40. doi: 10.5007/2175-8042.2014v26n42p27

Bardin, L. (2010). Análise de conteúdo. Ed. rev. e atual. Lisboa: Edições70.

Bastos, F. C. (2003). Administração Esportiva: área de estudo, pesquisa e perspectivas no Brasil. Motrivivência, (20-21), 295-306.

Brasil (2014a). Ministério do Esporte: Rede CENESP. Retrieved from http://www2.esporte.gov.br/snear/cenesp/default.jsp

Brasil (2014b). Ministério do Esporte: Rede CEDES. Retrieved from http://portal.esporte.gov.br/snelis/esporteLazer/cedes/default.jsp

Bueno, L. (2008). Políticas públicas do esporte no brasil: razões para o predomínio do alto rendimento. Tese de doutorado, Fundação Getúlio Vargas, São Paulo, SP, Brasil. Retrieved from http://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/bitstream/handle/10438/2493/72040100444.pdf?sequence=2

Ferreira, R. S. S. (2003). A sociedade da informação no Brasil: um ensaio sobre os desafios do Estado. Ci. Inf, 32(1), 36-41.

Frey. K. (2000). Políticas públicas: um debate conceitual e reflexões referentes à prática da análise de políticas públicas no Brasil. Planejamento e políticas públicas (IPEA), 21, 211-259. Retrieved from http://www.ipea.gov.br/ppp/index.php/PPP/article/viewFile/89/158

Gil, A. C. (2009). Métodos e Técnicas de Pesquisa Social (6ª ed.). São Paulo, S.P.: Atlas.

Gohn, M. G. (2004). Empoderamento e participação da comunidade em políticas sociais. Saúde e sociedade, 13(2), 20-31.

Peters, B. G. (1986). American Public Policy. Chatham, N.J.: Chatham House.

Richardson, R. J. (2008). Pesquisa social: métodos e técnicas. (3ª ed.). São Paulo: Atlas.

Ruiz, S. B. L., Pérez, N. R., Hernández, M. C., Mir, R. C. & Piñero, J. P. (2005). Las tecnologías de información y comunicación y la gestión del conocimiento en el sector salud. Revista Cubana de Salud Pública, 31(3). Retrieved from http://scielo.sld.cu/scielo.php?pid=S0864-34662005000300008&script=sci_arttext

Santos, A. L. F., Batista, M. C. A.; Araújo, A. V. (2007, Setembro) A produção do conhecimento em política pública para educação física, esporte e lazer: o GTT 10 em Pernambuco. Anais do Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte [e] II Congresso Internacional de Ciências do Esporte / Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte, Recife, Brasil, 25.

Schwartz, G. M., Santiago, D. R. P., Kawaguti, C. N., Tavares, G. H., Figueiredo, J. P., Nazário, M. E. D. S. (2010). Gestão Da Informação Sobre Esporte Recreativo e Lazer: Balanço da Rede Cedes (1a ed.). Várzea Paulista, S.P.: Fontoura.

Schwartz, G. M., Tavares, G. H., Ribeiro, I. C., Rodrigues, C. S.,

Provenzano, T. D., & Chao, C. (2014).Políticas públicas de esporte e lazer e gestão da informação: incidência da Rede CEDES como foco em pesquisas acadêmicas. Motrivivência, 26(42), 86-97. doi: 10.5007/2175-8042.2014v26n42p86

Soucie, D. (1994). The Emergence of Sport Management as a Professional Occupation: A North America Perspective. European Journal for Sport Management, 1 (2), 88-103.

Souza, C. (2003). Políticas Públicas: Questões Temáticas e de Pesquisa. Caderno CRH, 16(39), 11-24.

Souza, C. (2006). Políticas públicas: uma revisão da literatura. Sociologias, 8(16), 20-44.

Starepravo, F. A., Souza, J., & Marchi Jr, W. (2011). Políticas Públicas de Esporte e Lazer no Brasil: Uma Proposta Teórico-Metodológica de Análise. Movimento, 17(3), 233-251. Retrieved from http://www.seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/18420/14381

Tavares, G. H. (2013). Gestão da informação e do conhecimento na Rede CEDES (2003 - 2010). 163f. Tese de doutorado, Instituto de Biociências, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

PODIUM Sport, Leisure and Tourism Review e-ISSN: 2316-932X
Rua Vergueiro, 235/249 - Liberdade, São Paulo - SP, (Brasil). 01504-000