A Copa do Mundo de 2014 na Perspectiva da Tríplice Restrição: uma Copa sem Gols

Irapuan Gloria Junior

Resumo


Este estudo analisa as obras planejadas na copa do mundo de 2014 realizadas no Brasil sob os aspectos da tríplice restrição. Possui caráter exploratório no tocante ao levantamento das obras realizadas, atrasadas e canceladas disponibilizadas por diversas fontes. Os objetivos são de apresentar uma lista das principais obras por status, analisar sob o ponto de vista da tríplice restrição as obras especificadas para a copa e descrever o legado das obras concluídas. Os resultados indicam que a gestão não obteve sucesso em relação às gestões de escopo, tempo e custo previstos para o evento e apresentam o legado da copa de 2014 para os brasileiros. A implicação para a academia é da análise sobre a gestão de projetos feita pelo governo federal em grandes eventos. Em relação à contribuição prática é a apresentação do panorama da gestão de grandes eventos.

Palavras-chave


Copa do Mundo; Gestão da Copa do Mundo; Tríplice Restrição; Gestão de Eventos

Referências


ANSA (2015), ANSA Brasil – Agência Italiana de Notícias – Caderno Futebol - Veja o que ficou e o que não ficou pronto para a Copa. Disponível em http://ansabrasil.com.br/brasil/. Acessado em 12/06/2014

Atkinson, R. (1999). Project management: cost, time and quality, two best guesses and a phenomenon, its time to accept other success criteria. International Journal of Project Management, 337-342.

BBC Brasil (2015). BBC Brasil – Caderno Brasil – 14/07/2013: Atrasos e obras canceladas reduzem legado da Copa em transporte. Disponível em http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2013/06/130613_legado_ mobilidade_copa_jp_jf. Acessado em 24/02/2015.

Cardoso, M. V.; Fleury, F. A. ; Santos, J. M. C. M. (2013). O Legado da Copa e seus impacto no futuro da cidade de São Paulo. Future Studies Research Journal, v. 5, p. 164-197.

Carvalho, M. M. DE, & Rabechini Junior, R. (2011). Fundamentos em gestão de projetos: construindo competências para gerenciar projetos. Atlas.

Chappelet, J. L. (2008). Olympic environmental concerns as a legacy of the Winter Games. The International Journal of the History of Sport, 25 (14), 1884-1902.

Cornelissen, S. (2011). More than a sporting chance? Appraising the sport for development legacy of the 2010 FIFA World Cup. Third World Quarterly, 32 (3), 503-529.

De Sousa Mielli, J. F., & Mantovani, D. M. N. (2014). Copa do Mundo 2014 no Brasil: Um Estudo das Atitudes e Envolvimento do Espectador com o Evento. Podium Sport, Leisure and Tourism Review, 3(3), 01-11.

FSP (2015a), Folha de São Paulo de 11/06/2011 – Caderno Copa – Veja o Custo dos Estádios. Disponível em http://acervo.folha.com.br, Acessado em 17/02/2015

FSP (2015b), Folha de São Paulo de 06/02/2015 – Caderno Trivela - Só 53% das obras de infraestrutura ficaram prontas antes da Copa. Disponível em http://acervo.folha.com.br, Acessado em 17/02/2015.

FSP (2015c), Folha de São Paulo de 15/07/2014 - Copa do Mundo termina com 23 obras inacabadas. Disponível em http://acervo.folha.com.br, Acessado em 17/02/2015.

FSP (2015d), Folha de São Paulo de 12/06/2014 – Caderno Poder – A copa como ela é: Veja o legado da Copa e os principais compromissos dos governos. Disponível em http://acervo.folha.com.br, Acessado em 17/02/2015

Gratton, C & Preuss, H. (2008). Maximizing Olympic impacts by building up legacies. The International Journal of the History of Sport, 25(14), 1922-1938.

IPMA (2006), International Project Management Association - National Competence Baseline 3.0, International Project Management Association.

Kaplanidou, K. & Karadakis, K. (2010). Understangin the legacies of a host Olympic city: the caso of the 2010 Vancouver Olympic Games. Sport Marketing Quartely, 19(2), 110-117.

Kerzner, H. (2011). Gerenciamento de projetos: uma abordagem sistêmica para planejamento, programação e controle. São Paulo: Blücher.

Lee, H. & Cho, C.H. (2012). Sporting event personality: scale, development and sponsorship implications. International Journal of Sports Marketing & Sponsorship, (October), 51 68

Martins, G. A., & Theóphilo, C. R. (2009), Metodologia da Investigação Científica para Ciências Sociais Aplicadas (2ª. ed). São Paulo: Atlas.

Martins, G. A., and Theóphilo, C. R. (2009). Metodologia da Investigação Científica para Ciências Sociais Aplicadas, São Paulo, Atlas, 2ª. ed.

PMI (2012). Guide to the project management body of knowledge. Project Management Institute, Pennsylvania USA.

Portal da Copa (2015a). Site do Governo Federal Brasileiro sobre a Copa do Mundo da FIFA 2014. Disponível em http://www.copa2014.gov.br/pt-br/brasilecopa/sobreacopa/matriz-responsabilidades . Acessado em 17/02/2015

Portal da Copa (2015b), Matriz de responsabilidades. Disponível em http://www.esporte.gov.br/arquivos/assessoriaEspecialFutebol/copa2014/Mapa_atualizacao_matriz_dez_2014.pdf . Acessado em 30/12/2014

Portal da Copa (2015c), Mapa de atualizações e revisão da matriz de responsabilidades. Disponível em: http://www.esporte.gov.br/arquivos/assessoriaEspecialFutebol/ copa2014/Mapa_atualizacao_matriz_dez_2014.pdf . Acessada em 17/02/2015

Portal Transparência (2015), Portal da Transparência - Controladoria-Geral da União. Disponível em http://www.portaltransparencia.gov.br/, Acessado em 17/02/2015.

Saccol, Amarolinda Zanela (2009). Um retorno ao básico: compreendendo os paradigmas de pesquisa e sua aplicação na pesquisa em Administração. Brazilian Journal Management. 2(2), 250-269.

Shenhar, A. J., & Dvir, D. (2010). Reinventando gerenciamento de projetos: a abordagem diamante ao crescimento e inovação bem-sucedidos. São Paulo: M. Books.

UOL (2015). UOL de 01/06/2014 – Caderno Copa: Brasil só vai terminar em 2017 as obras prometidas para a Copa do Mundo. Disponível em http://copadomundo.uol.com.br/noticias/redacao/2014/06/01/preparacao-para-a-copa-de-2014-deve-ser-concluida-em-2017.htm. Acessado em 24/02/2015

VEJA (2015). Veja 20/07/2014 - Caderno O país quer saber: O legado imaginário da Copa das Copas foi embora junto com os turistas. Ficou com os brasileiros a conta da Copa da Roubalheira. Disponível em http://veja.abril.com.br/ blog/augusto-nunes/o-pais-quer-saber/o-legado-imaginario-da-copa-das-copas-foi-embora-junto-com-os-turistas-ficou-com-os-brasileiros-a-conta-da-copa-da-roubalheira. Acessado em 24/02/2015

Walsham, G. (2006). Doing interpretive research. European Journal of Information Systems, 15(3), 320 330.

Yin, R. K. (2010). Estudo de caso: planejamento e métodos. Porto Alegre: Bookman.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




PODIUM Sport, Leisure and Tourism Review e-ISSN: 2316-932X
Rua Vergueiro, 235/249 - Liberdade, São Paulo - SP, (Brasil). 01504-000

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.