Os Espaços Democráticos de lazer e a Gestão dos Clubes da Comunidade (Cdcs) da Cidade de São Paulo-SP

Lucas Goulart Andrade, Débora Cordeiro Braga, Edegar Luis Tomazzoni

Resumo


O presente artigo visa a analisar os Clubes da Comunidade (CDCs), como opção de lazer na cidade de São Paulo. Realiza um comparativo das gestões baseado em três modelos: o Clube da Comunidade, de administração privada e local e com baixa ou nula intervenção estatal; O Programa Clube Escola, oriundo do Clube da Comunidade, que recebe subsídios públicos e intervenção parcial do Estado em sua gestão; O Parque urbano, que consiste na transformação de um Clube da Comunidade em um parque urbano de administração integralmente estatal.  Para tanto, foram utilizados como métodos de investigação a pesquisa bibliográfica e de material midiático, entrevistas com gestores e análise observacional, com o propósito de contextualizar a realidade destes espaços e avaliar os tipos de gestões para revelar o modelo que conquista melhores resultados como espaço de lazer democrático. As conclusões indicam a importância da participação política das comunidades locais para o desenvolvimento da gestão destes clubes como efetivos espaços de lazer.


Palavras-chave


Clubes da Comunidade; Equipamentos de Lazer; Cidade de São Paulo; Democratização do Lazer.

Referências


AGUIAR, Maria de Fátima. Lazer e Produtividade no Trabalho. In: Turismo em Análise, São Paulo: ECA-USP. Nov. 2000 . p. 111-124.

Disponível em: file:///C:/Users/Debora%20Braga.DeboraBraga/Downloads/63522-83241-1-PB.pdf. Acesso 10 dez. 2013.

BARDIN, L. Análise de Conteúdo. Lisboa, Portugal; Edições 70, LDA, 2009

BAUMAN, Zygmunt. Amor líquido: sobre a fragilidade dos laços humanos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2004.

DENCKER, Ada F. M. Métodos e técnicas de pesquisa em turismo. São Paulo: Futura. 1998.

DOMINGUES, Álvaro. Suburbios e (sub)urbanos : o mal estar da periferia ou a mistificação dos conceitos. In: Revista da Faculdade de Letras: Geografia, 10-11, 1994-1995, p.5. Porto: Universidade do Porto.

Faculdade de Letras. Disponível em: http://repositorio-aberto.up.pt/bitstream/10216/13695/2/1588000071999.pdf. Acesso 10 dez. 2013.

DUMAZEDIER, Joffre. Sociologia empírica do lazer. São Paulo: Perspectiva: 2008

G1-GLOBO. Conheça a história dos rolezinhos. 2014. Disponível em: http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2014/01/conheca-historia-dos-rolezinhos-em-sao-paulo.html Acesso em: 26/10/2014.

HARVEY, David. A liberdade da cidade. In: MARICATO, Ermínia; et al. Cidades rebeldes: Passe Livre e as manifestações que tomaram as ruas do Brasil. São Paulo: Boitempo; Carta Maior, 2013.

KRIPPENDORF, Jost. Sociologia do turismo: para uma compreensão do lazer e das viagens. São Paulo: Aleph. 3ª ed. rev e ampli. 2009.

LOBODA, Carlos Roberto; DE ANGELIS, Bruno Luiz Domingos. Áreas verdes públicas urbanas: conceitos, usos e funções. In: Ambiência - Revista do Centro de Ciências Agrárias e Ambientais V. 1 No 1 Jan/Jun. 2005.

MANTOVANI, Marta Silvia Maria; GLEZER, Raquel. Parques urbanos e suas múltiplas funções. In: MANTOVANI, Marta Silvia Maria; GLEZER, Raquel (Orgs.). Parques urbanos: preservação e lazer nas áreas públicas. São Paulo: Planetaterra, 2009.

MARCELLINO, Nelson Carvalho. Lazer e Humanização. Campinas: Papirus. 1995.

__________________. Lazer e Sociedade: algumas aproximações. In: MARCELLINO, Nelson Carvalho (org). Lazer e Sociedade: múltiplas relações. Campinas: Alínea. 2008

OESP - O Estado de São Paulo. Times de várzea loteiam clubes da prefeitura e cobram por uso de campo. Disponível em: http://sao-paulo.estadao.com.br/noticias/geral,times-de-varzea-loteiam-clubes-da-prefeitura-e-cobram-por-uso-de-campo-imp-,765342. Acesso em: 03/11/2014

PREFEITURA DE SÃO PAULO. Endereço dos CDCs. Disponível em: http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/esportes/cdcs/index.php?p=47283. Acesso em: 27/10/2014

_________________. Pesquisa de Legislação Municipal. Decreto nº 48.392 Disponível em: http://www3.prefeitura.sp.gov.br/cadlem/secretarias/negocios_juridicos/cadlem/integra.asp?alt=30052007D%20483920000. Acesso em: 20/11/2014

PRONOVOST, Gilles. Introdução à sociologia do lazer. São Paulo: Senac. 2011

ROLNIK, Raquel. O lazer Humaniza o espaço urbano. In: SESC/WLRA. Lazer numa sociedade globalizada: Leisure in a globalized society. SESC/WLRA. São Paulo: 2000.

SEME. Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação de São Paulo O que é um CDC. S/D. Disponível em: http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/esportes/cdcs/index.php?p=47283.%20Acesso%20em:%2027/10/2014

_________________. Coordenação das Subprefeituras. Subprefeituras de São Paulo. S/D. Disponível em: http://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/subprefeituras/subprefeituras/mapa/index.php?p=14894

SCIFONI, Simone. Parque do Povo: um patrimônio do futebol de várzea em São Paulo. Anais do Museu Paulista. São Paulo. N. Sér. v.21. n.2. p. 125-151. jul.- dez. 2013.

SOUZA, Cláudio B. Gomide. Gestão participativa: conceitos e operações fundamentais. In: Revista da Faculdade de Ciências e Letras da UNESP campus Araraquara S/D. Disponível em: http://portal.fclar.unesp.br/publicacoes/revista/polit_gest/edi1_artigoclaudiogomide.pdf. Acesso em: 04/04/2015.

TURINO, Célio. O lazer nos programas sociais. In: TURINO, Célio. Lazer nos programas sociais: propostas de combate à violência e à exclusão. São Paulo: Anita Garibaldi, 2003.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




PODIUM Sport, Leisure and Tourism Review e-ISSN: 2316-932X
Rua Vergueiro, 235/249 - Liberdade, São Paulo - SP, (Brasil). 01504-000

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.