Formação de Jogadores de Futebol: Processo Histórico e Bases para a Evolução no Brasil

Ivan Furegato Moraes, Flávia da Cunha Bastos, Maria José Carvalho

Resumo


O presente artigo objetiva demonstrar como a literatura brasileira descreve a evolução histórica do processo de formação de jogadores de futebol – principalmente com relação aos seus períodos, locais de aprendizagem, agentes educadores e metodologias utilizadas – e apresentar uma síntese histórica de tal processo, suprindo uma lacuna existente nos estudos dessa temática. Para tal foi realizada uma revisão sistemática com base na busca de dissertações, teses e artigos no Portal de Periódicos do Capes. Devido aos poucos estudos localizados foram utilizados trabalhos referenciados nos mesmos e livros sobre o tema. A análise das informações encontradas levou à organização do material em cinco períodos cronológicos que retratam a evolução do processo de formação no Brasil, sendo observado que o mesmo partiu de um modelo elitista – realizado principalmente nos clubes socioesportivos – para um popular – informal e livre, realizado nas ruas e campos de várzea – até se tornar totalmente formalizado – restrito, controlado e baseado em métodos científicos –, sendo realizado nas categorias de base dos clubes tradicionais e dos clubes-empresa com objetivo de formar jogadores para “venda”. Esses achados permitiram realizar uma síntese contendo todos os períodos, locais onde a formação ocorre, principais agentes educadores e metodologias de ensino empregadas em cada um deles, a qual pode servir de referencial para futuros estudos e novas pesquisas sobre o tema.


Palavras-chave


futebol; formação de jogadores no Brasil; categorias de base; Certificado de Clube Formador.

Referências


Aidar, A. C. K., & Leoncini, M. P. (2002). Evolução do futebol e do futebol como negócio. In A. C. K. Aidar, M. P. Leoncini, & J. J. Oliveira (Ed.). A nova gestão do futebol (2ª. ed., pp. 79-100). Rio de Janeiro: Editora FGV.

Amora, D. (2013, Out. 18). Pesquisa aponta tráfico de pessoas no Brasil até para futebol. Folha de S. Paulo. Disponível em: http://goo.gl/zD8UP4

Assessoria CBF. (2015a, Jul. 21). Transferências para o exterior: números do mercado da bola. CBF.com.br. Disponível em: http://goo.gl/nKGili

Assessoria CBF. (2015b, Out. 1). CBF divulga lista de clubes formadores cadastrados. CBF.com.br. Disponível em: http://goo.gl/WsRIEv

Brasil. (1998). Lei no 9.615, de 24 de março de 1998. Institui normas gerais sobre desporto e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil. Disponível em: http://goo.gl/7mTa8k

Brasil. (2011). Lei no 12.395 de 16 de março de 2011. Altera as Leis no 9.615, de 24 de março de 1998, que institui normas gerais sobre desporto, e no 10.891, de 9 de julho de 2004, que institui a Bolsa-Atleta; cria os Programas Atleta Pódio e Cidade Esportiva; revoga a Lei no 6.354, de 2 de setembro de 1976; e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil. Disponível em: http://goo.gl/lmZ0xT

Brunoro, J. C., & Afif, A. (1997). Futebol 100% profissional. São Paulo: Editora Gente.

Campestrini, G. R. H. (2009). A reponsabilidade social na formação de praticantes para o futebol: análise do processo deformação em clubes brasileiros (Dissertação de mestrado, Universidade Técnica de Lisboa). Disponível em: http://goo.gl/0B2lkq

Carraveta, E. (2006). Modernização da gestão no futebol brasileiro: perspectivas para a qualificação do rendimento competitivo. Porto Alegre: AGE Editora.

Carraveta, E. (2012). Futebol: A formação de times competitivos. Porto Alegre: Sulina.

Casarin, R. V., & Cella, M. T. (2008). Análise das sessões de treinamento de futebol entre categorias de base e escolinhas (Trabalho de conclusão de curso, Universidade do Oeste de Santa Catarina). Disponível em: http://goo.gl/AE5gZF

Casarin, R. V., & Streit, I. (2011). Modelo de formação em futebol: Análise de clubes do estado do Rio Grande do Sul. Revista Brasileira de Futsal e Futebol, 3 (7), 45-57. Disponível em: http://goo.gl/5DXt9b

Cavichiolli, F. R., Cheluchinhak, A. B., Capraro, A. M., Marchi Junior, W., & Mezzadri, F. M. (2011). O processo de formação do atleta de futsal e futebol: análise etnográfica. Res. Bras. Educ. Fís. Esporte, 25 (4), 631-647. Disponível em: http://goo.gl/PdsFl5

Coelho, P. V. (2014a, Dez. 10). Vexame histórico na Copa mostrou que o Brasil não ensina mais futebol. Folha de S. Paulo. Disponível em: http://goo.gl/Bp5SvX

Coelho, P. V. (2014b, Dez. 14). Vexame na Copa mostra que Brasil não ensina mais futebol – Parte 2. Folha de S. Paulo. Disponível em: http://goo.gl/lfVAve

Confederação Brasileira de Futebol. (2009). Cadastro Nacional de Clubes de Futebol (CNCF). Cidadeverde.com. Disponível em: http://goo.gl/bVcoMH

Confederação Brasileira de Futebol. (2012, Dez. 23). Resolução da Presidência no 01/2012, de 17 de janeiro de 2012. Estabelece normas, procedimentos, critérios e diretrizes para emissão do Certificado de Clube Formador (CFF) pela CBF, e delega às Federações Estaduais poderes para emitir prévio parecer conclusivo (Anexo I) para fins de certificação referente às suas entidades de prática desportiva filiadas, à vista dos critérios e diretrizes constantes no Anexo II. CBF.com.br. Disponível em: http://goo.gl/sAsmxz

Cruz, R. M. (2012). A formação de atletas de futebol: um estudo na categoria sub-15 do Cruzeiro Esporte Clube, Belo Horizonte-MG. Revista Brasileira de Futsal e Futebol, 4 (13), 189-194. Disponível em: http://goo.gl/4A9NmY

Cruz, R. T. (2011). Influência em participar da escolinha de futebol. Revista Brasileira de Futsal e Futebol, 3 (10), 281-289. Disponível em: http://goo.gl/J1DKGZ

Damo, A. S. (2007). Do dom à profissão: A formação de futebolistas no Brasil e na França. São Paulo: Aderaldo & Rithschild Ed., Anpocs.

Ferreira, A. d. O. (2010). Futebol, tecnologia e aprendizagem: corpo, performance e criatividade (Dissertação de mestrado, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo). Disponível em: http://goo.gl/irBDw1

Ferreira, D. P., & Paim, M. C. C. (2011). Estruturação das categorias de base no futebol. EFDeportes.com, 158. Disponível em: http://goo.gl/n8CbcP

Franzini, F. (2003). Corações na ponta de chuteira: Capítulos iniciais da história do futebol brasileiro (1919-1938). Rio de Janeiro: DP&A.

Gaspar, V. N. (2011). As implicações das abordagens pedagógicas na formação de jogadores de futebol. Revista Brasileira de Futsal e Futebol, 3 (10), 275-280. Disponível em: http://goo.gl/F4aTmY

Gomes, I. S., & Caminha, I. d. O. (2014). Guia para estudos de revisão sistemática: uma opção metodológica para as Ciências do Movimento Humano. Movimento, 20 (1), 395-411. Disponível em: http://goo.gl/xLtnxc

Jacobs, C. S., & Duarte, F. (2006). Futebol exportação. Rio de Janeiro: Editora Senac Rio.

Lance! Contéudos. (2016, Jun. 2). Argentina segue na liderança do ranking da Fifa; Brasil é o sétimo. UOL Esporte Futebol. Disponível em: http://goo.gl/MiQE2m

Mascarenhas, G. (2014). Entradas e bandeiras: a conquista do Brasil pelo futebol. Rio de Janeiro: EdUERJ.

Melo, M. L. (2008). Importância das escolinhas de futebol na formação do jovem atleta em Campina Grande – PB (Dissertação de mestrado, Universidade Federal da Paraíba). Disponível em: http://goo.gl/pZ47qu

Melo Filho, Á. (2011). Nova Lei Pelé: Avanços e impactos. Rio de Janeiro: Maquinária.

Montagner, P. C., & Oliveira Silva, C. C. (2003). Reflexões acerca do treinamento a longo prazo e a seleção de talentos através de "peneiras" no futebol. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, 24(2), 187-200. Disponível em: http://goo.gl/3LwPQo

Moraes, I. F. (2015). Formação de jogadores de futebol no Brasil: Da implementação às perspetivas futuras do Certificado de Clube Formador (Dissertação de mestrado, Universidade do Porto). Disponível em: http://goo.gl/7lPr5e

Paoli, P. B. (2007). Os estilos de futebol e os processos de seleção e detecção de talentos (Tese de doutorado, Universidade Gama Filho). Disponível em: http://labec-ufrj.com/teses/

tesepaoli.pdf

Pazzin, T. R. B. (2014). Escolas de futebol: uma pesquisa sobre a formação dos treinadores e metodologia utilizada nas escolas de futebol de cidades do litoral norte do Rio Grande do Sul. Revista Brasileira de Futsal e Futebol, 6(22), 271-277. Disponível em: http://goo.gl/3Oe5WG

Pedroza Junior, E. T. (2013). Processo de seleção e captação de atletas de futebol de campo na categoria sub-15 em Pernambuco. Revista Brasileira de Futsal e Futebol, 5 (16), 155-163. Disponível em: http://goo.gl/A4IGmg

Pimenta, C. A. M. (2000). Novos Processos de Formação de Jogadores de Futebol e o fenômeno das “escolinhas”: Uma análise crítica do possível. In P. Alabarces (Ed.), Peligro de Gol. Estudios sobre deporte y sociedad en América Latina (pp. 75-97). Buenos Aires: CLACSO, Consejo Latinoamericano de Ciencias Sociales.

Rocha, H., P. A. da, Bartholo, T. L., Melo, L. B. S. d., & Soares, A. J. G. (2011). Jovens esportistas: profissionalização no futebol e a formação na escola. Motriz, 17 (2), 252-263. Disponível em: http://goo.gl/sa0MUj

Rodrigues, F. X. F. (2003). A formação do jogador de futebol no Sport Club Internacional (1997-2002) (Dissertação de mestrado, Universidade Federal do Rio Grande do Sul). Disponível em: http://goo.gl/wp6XHd

Rodrigues, F. X. F. (2007). O fim do passe e a modernização conservadora no futebol brasileiro (2001-2006) (Tese de doutorado, Universidade Federal do Rio Grande do Sul). Disponível em: http://goo.gl/vmQcrS

Santiago Júnior, J. R. S. (2006). Os arquivos dos campeonatos brasileiros. São Paulo: Panda Books.

Santos, A. R. d., Eugênio, J. F., Souza, R. A., Liberali, R., & Almeida, R. d. (2011). A influência familiar em atletas de categoria de base no futebol. Revista Brasileira de Futsal e Futebol, 3(8), 83-88. Disponível em: http://goo.gl/7iYJ69

Santos Neto, J. M. d. (2002). Visão do Jogo: Primórdios do futebol no Brasil. São Paulo: Cosac & Naify.

Sapienza, V. (2011, Maio 17). A Lei Pelé precisa ser alterada. Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Disponível em: http://goo.gl/uXt9D8

Sarmento, C. E. (2006). A regra do jogo: uma história institucional da CBF. Rio de Janeiro: CPDOC.

Scaglia, A. J. (1996). Escolinha de Futebol: Uma questão pedagógica. Motriz, 2 (1), 36-43. Disponível em: http://goo.gl/xapC0p

Silva, D. A. S. (2008). Evolução histórica da legislação esportiva brasileira: Do Estado Novo ao século XXI. Revista Brasileira de Educação Física, Esporte, Lazer e Dança, 3 (3), 69-78. Disponível em: http://goo.gl/oqZvy7

Soares, A. J. G., Melo, L. B. S. d., Costa, F. R. d., Bartholo, T. L., & Bento, J. O. (2011). Jogadores de futebol no Brasil: Mercado, formação de atletas e escola. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, 33 (4), 905-921. Disponível em: http://goo.gl/AsZZju

Solder, P. A., Menezes, G. B. d., Yoshida, G. M. V., & Moreira, M. d. S. G. (2010). Escolinhas de futebol. Revista Brasileira de Futsal e Futebol, 2 (6), 135-145. Disponível em: http://goo.gl/iDwQa6

Souza, P. A. R. d. (2008). A prata da casa: A "mercadoria força de trabalho jogador de futebol" no Brasil pós Lei Pelé (Dissertação de mestrado, Universidade Federal da Bahia). Disponível em: http://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/12860

Spaggiari, E. (2009). Tem que ter categoria: construção do saber futebolistico (Dissertação de mestrado, Universidade de São Paulo). Disponível em: http://goo.gl/40XoqZ

Stédile, M. E. A. (2011). Da fábrica à várzea: clubes de futebol operário em Porto Alegre (Dissertação de mestrado, Universidade Federal do Rio Grande do Sul). Disponível em: http://goo.gl/N3eqVz

Thiengo, C. R. (2011). Os saberes e o processo de formação de futebolistas no São Paulo Futebol Clube (Dissertação de mestrado, Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho"). Disponível em: http://goo.gl/Vio1mw

Toledo, L. H. d. (2000). Lógicas no Futebol: Dimensões simbólicas de um esporte nacional (Tese de doutorado, Universidade de São Paulo). Disponível em: http://goo.gl/3pAuUa

Valentin, R. B., & Coelho, M. (2005). Sobre as escolinhas de futebol: Processo civilizador e práticas pedagógicas. Motriz, 11 (3), 185-197. Disponível em: http://goo.gl/nZg9HG

Wilpert, R. A. (2005). O futebol como agente de inclusão e interação social: Um estudo de caso sobre as escolinhas de futebol de Florianópolis-SC (Dissertação de mestrado, Universidade Federal de Santa Catarina). Disponível em: http://goo.gl/4LVCE6


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

PODIUM Sport, Leisure and Tourism Review e-ISSN: 2316-932X
Rua Vergueiro, 235/249 - Liberdade, São Paulo - SP, (Brasil). 01504-000