Victor Serpa e a “Mania Foot-Ball”: O Mito Fundador do Esporte Bretão na Cidade de Belo Horizonte/MG (1904-1905)

Sarah Teixeira Soutto Mayor, Georgino Jorge de Souza Neto

Resumo


Tencionamos neste artigo apresentar e problematizar os primeiros movimentos do futebol em Belo Horizonte/MG, a partir da ótica da trajetória de Victor Serpa neste processo, e de como o mesmo se tornou o mito fundador deste esporte na capital mineira. Para tanto, usamos registros da imprensa local, tomando os acervos da Imprensa Oficial do Estado de Minas Gerais e da Coleção Linhares como espectro das fontes consultadas. Neste sentido, contextualizamos o momento histórico da passagem de Serpa pela cidade (centralmente o ano de 1904) e o impacto causado pela sua prematura morte (em janeiro de 1905). Por fim, entendemos que a construção do mito fundador encontra indícios importantes que justificam tal elaboração, posto que as fontes revelam que o jovem acadêmico ocupa protagonismo central na introdução do futebol em Belo Horizonte, a ponto da sua morte ter impactado inclusive a continuidade orgânica da prática futebolística na cidade nos anos seguintes.


Palavras-chave


Mito fundador; Futebol; História

Referências


A Epocha (1904, setembro 4). Bello Horizonte, p.2.

A Epocha (1905, janeiro 22). Bello Horizonte, p.2.

As farpas (1904, novembro 20). A Epocha. Bello Horizonte.

Castro, M. C. (1995). Estudo crítico e nota biográfica. In: J. N. Linhares. Itinerário da imprensa de Belo Horizonte: 1895 – 1954. Belo Horizonte: Fundação João Pinheiro, Centro de Estudos Históricos e Culturais; Editora UFMG.

Cousas que implicam (1904, setembro 4). A Epocha. Bello Horizonte, p.2.

Couto, E. F. (2003). Belo Horizonte e o futebol: integração social e identidades coletivas (1897-1927). Dissertação de Mestrado, Ciências Sociais, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Minas Gerais, Brasil.

Fagulhas (1904, outubro 16). A Epocha. Bello Horizonte, p.2.

Fagulhas (1904, outubro 30). A Epocha, Bello Horizonte, p.2.

Julião, L. (1996). Belo Horizonte: itinerários da cidade moderna (1891-1920). In: E. F. Dutra (Org.). BH: horizontes históricos (pp.66-67). Belo Horizonte: C/Arte, pp.49-118.

Maciel, L. A. (2004). Produzindo notícias e histórias: algumas questões em torno da relação telégrafo e imprensa – 1880/1920. In: D. R. Fenelon; L.A Maciel; P.R. Almeida;Y.A. Khoury, (Orgs.). Muitas memórias, outras histórias. São Paulo: Olho d’Água, pp.14-40.

Minas Geraes (1904, julho 13). Seção Festas e Diversões. Bello Horizonte, p.6.

Minas Geraes (1904, outubro 03/04). Seção Festas e Diversões. Bello Horizonte, p.6.

Minas Geraes (1904, novembro 24). Seção Festas e Diversões. Bello Horizonte, p.6.

Ribeiro, R.R. (2007). A bola em meio a ruas alinhadas e a uma poeira infernal: os primeiros anos do futebol em Belo Horizonte (1904-1921). Dissertação de Mestrado, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Minas Gerais, Minas Gerais, Brasil.

Rodrigues, M. A. A. ( 2006). Constituição e enraizamento do esporte na cidade - Uma prática moderna de lazer na cultura urbana de Belo Horizonte (1894- 1920), Tese de Doutorado, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Minas Gerais, Minas Gerais, Brasil.

Semanaes (1905, fevereiro 12). A Epocha. Bello Horizonte, p.1.

Sevcenko, N. (1994). Futebol, metrópoles e desatinos. Revista Dossiê USP – Futebol (22), 30-37.

Silveira. A. J. T. (1996). O sonho de uma petite Paris: os cafés no cotidiano da capital. In: E.F. Dutra, (Org.). BH: horizontes históricos. Belo Horizonte: C/Arte, pp.128-153.

Souza, M. (2004). Mito fundador, narrativas e história oficial: representações identitárias na cultura brasileira. In: Congresso Luso-Brasileiro de Ciências Sociais. Coimbra, Portugal, pp.1-14.

Vainfas, R. (1997). Domínios da história: ensaios de teoria e metodologia. Rio de Janeiro: Campus.


Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




PODIUM Sport, Leisure and Tourism Review e-ISSN: 2316-932X
Rua Vergueiro, 235/249 - Liberdade, São Paulo - SP, (Brasil). 01504-000

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.